Você está aqui: Página Inicial / Notícias / GRUPO AVALIA O ENEX-2015 COMO UMA CONQUISTA DA COMUNIDADE

GRUPO AVALIA O ENEX-2015 COMO UMA CONQUISTA DA COMUNIDADE

O evento contribuiu para a consolidação da cultura da educação profissional e tecnológica em rede no IFPB.

A equipe técnica da Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT) e um grupo de extensionistas do IFPB reuniram-se, ontem (01), pela manhã, para uma avaliação pós-ENEX-2015. Na reunião, o Diretor de Atividades de Extensão, professor Dimas Veras, afirmou que o evento teria sido uma síntese de todo o trabalho realizado durante este ano através dos editais para a consolidação da extensão no IFPB.

A Pró-Reitora de Extensão, professora Vania Medeiros, disse que o ENEX-2015 alcançou o seu objetivo que era fazer a integração dos segmentos acadêmicos do IFPB com a comunidade externa. “Essa iniciativa faz parte de um movimento que começou com o lançamento da Rede Rizoma, no IFPB, e se integrou às tendências nacionais de fortalecimento dos modelos de extensão tecnológica e cultural em rede”, assinalou.

MOVIMENTO DE BASE

A professora Vania Medeiros lembrou que o trabalho que vem sendo desenvolvido na PROEXT não é uma concessão, mas o resultado de um movimento de base. “Esse movimento vem se aprimorando e tem o único objetivo de promover a melhoria da educação profissional e tecnológica em rede na Paraíba”, salientou.

A professora Juliana de Sá Araújo, coordenadora de extensão, resgatou a importância do modelo dos círculos de extensão para debater os problemas da educação, o nível das palestras realizadas pelos convidados e a pontualidade de todas as iniciativas, reconhecendo que o ENEX conquistou, efetivamente, o seu lugar no calendário de eventos do IFPB.

O aluno do curso de Design, do Campus Cabedelo, Fabrício Vieira, elogiou a funcionalidade do modelo do evento, destacando a capacidade da promoção da integração entre servidores, alunos e a comunidade externa. O estudante fez várias sugestões que deverão ser consideradas no planejamento do ENEX-2017, a exemplo da consolidação de células de atividades.

A maioria dos participantes da reunião avaliou que o evento está consolidado no IFPB. Para a servidora Rosalva Guedes, coordenadora do PRONATEC, o ENEX-2015 inaugurou, na instituição, uma metodologia dinâmica e inovadora. “É como se a extensão estivesse começando agora no IFPB”, desabafou.

Na opinião do Professor Carlo Reillen, do Campus Cabedelo, o ENEX foi um dos eventos mais organizados que já aconteceu no IFPB. Ele ressaltou a importância da realização do próximo Encontro de Extensão, em Cabedelo, em decorrência da localização do Campus nas imediações de uma das comunidades carentes do município. O professor, que é engenheiro mecânico, sugeriu a intensificação das atividades autogestionadas para o ENEX-2017.

SUPERAÇÃO

O Assessor para implantação do Campus de Areia, psicólogo Adriano Melo, reconheceu que o ENEX-2015 foi um grande desafio que superou todas as expectativas dos organizadores locais do evento. “O ENEX-2015 marcou a história do Campus de Areia” admitiu.

A Diretora de Extensão Tecnológica da PROEXT, Maiara Melo, ressaltou a importância da interiorização do ENEX-2015 para consolidar a Rede de Educação Profissional e Tecnológica na Paraíba, melhorando as relações interpessoais na instituição “multicampi”. Ela sugeriu, para o próximo encontro, o fortalecimento das delegações intercâmpus, a ampliação das oficinas e a intensificação das ações com as comunidades.

João Pessoa, 01/10/2015

Crisvalter Medeiros, jornalista