Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Campus Cabedelo participa do III ENEX em Areia

Campus Cabedelo participa do III ENEX em Areia

A cidade de Areia sediou o III ENEX – Encontro de Extensão do IFPB, cujo tema foi “Inovação e educação popular como práxis da extensão”. E o Campus Cabedelo, que desenvolve diversas atividades extensionista em suas várias áreas de atuação, prestigiou o evento realizado entre os dias 24 a 26 de setembro.

Contando com a segunda maior delegação do evento (composta por 15 servidores e 49 estudantes, levando ainda mais de 20 parceiros externos), o Campus Cabedelo lançou, logo no primeiro dia, sua candidatura para sediar a quarta edição do Encontro de Extensão do IFPB, a se realizar em 2017: uma forma de prestigiar a vasta atuação em extensão do campus e seus extensionista.

Entre os trabalhos apresentados, que corroboram a vocação extensionista do campus Cabedelo, tivemos o projeto desenvolvido pelas professoras Luciana Trigueiro de Andrade e Maria de Fátima Lacerda intitulado “Do Mar à Mesa”, que busca capacitar pescadores das principais áreas de desembarque do município acerca da cadeia produtiva do pescado, desenvolvendo ações educativas envolvendo noções básicas de beneficiamento e conservação do pescado, cooperativismo e empreendedorismo.

Também tivemos a exposição dos resultados e ações do Núcleo de Extensão Mandacaru vai ao Mar - MANDAMAR, apresentados pelas professoras Edinilza Barbosa dos Santos e Rafaela da Silva Freire. A partir da constatação de problemas socioambientais decorrentes do mau uso e ocupação do solo, da falta de planejamento ambiental e da carência de políticas públicas, o Núcleo vem desenvolvendo práticas educativas com a população, escolas municipais e ONGs (como a ECIFA), visando à preservação ambiental, a produção de alimentos em pequena escala, hortas verticais e o desenvolvimento de práticas lúdicas para o público jovem.

O professor Rogério Silva Bezerra trouxe as experiências do Núcleo do Teatro do Oprimido de Cabedelo, composto por alunos do Cursos Técnicos em Meio Ambiente e Recursos Pesqueiros Integrados ao Ensino Médio, e do projeto de extensão “Gingando pela Cidadania” que percebe a capoeira como tecnologia educacional, buscando a salvaguarda de saberes e práticas culturais tradicionais através do desenvolvimento de ações educativas cujo público alvo envolve tanto jovens da comunidade interna do campus como jovens da comunidade externa e do Jardim Jericó.

O projeto Sereias da Penha, desenvolvido pelo IFPB, pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, pelo SEBRAE-PB e artesãs da comunidade da Penha também foi apresentado, demonstrando todo o potencial em economia criativa de uma ação bem articulada, promovendo cursos de fabricação de biojóias a partir da escama de peixe, desfiles e exposição dos produtos confeccionados. Entre os parceiros internos e externos envolvidos, é possível citar os estudantes Fabrício Vieira e Wilker César Costa de Souza, ambos do Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico, bem como a psicóloga Maria de Fátima Souto, da Reitoria.

Para o Diretor Geral do campus, Lício Romero, essas e outras experiências apresentadas durante o III ENEX, bem como os resultados em extensão alcançados ao longo dos anos, fortalecem nossa confiança de que Cabedelo terá todas as condições para realizar um evento grandioso em 2017.

A proposição do Campus Cabedelo foi apresentada aos extensionista presentes na manhã do dia 26/09, em espaço aberto pela Pró-Reitoria de Extensão e pela Pró-Reitora Vânia Medeiros, no Auditório do Campus II da UFPB, e foi aclamada por todos os presentes.

Que venha o IV ENEX, em 2017, em Cabedelo!